Blog
Paloma

Aquecedores para Piscina: qual é a opção mais vantajosa?

Aquecedores para piscina
15 de maio de 2020

Agora que o verão passou, existe um item que pode acabar ficar de lado durante o outono e inverno, estações mais frias do ano: a piscina. Contudo, não podemos negar que mesmo em dias menos quentes, uma boa piscina também pode ser uma opção interessante de lazer, correto? Se você pensa assim, continue lendo esse artigo que temos uma dica muito especial: o uso de aquecedores para piscina.

Os tipos Aquecedores para Piscina

No Brasil, há três principais tipos de sistemas de aquecimento para piscina: solar, a gás e elétrico. Obviamente, todos eles possuem vantagens e desvantagens, e a escolha dependerá de alguns aspectos do local: a piscina é enterrada ou de laje? Está em um ambiente coberto ou ao ar livre? A região é fria ou quente? Todas essas informações são essenciais para escolher o melhor equipamento.

Vamos entender melhor cada alternativa…

Aquecedor Solar para Piscina

O aquecedor solar é uma solução baseada na tecnologia fotovoltaica. Ou seja, que capta a energia do calor do sol para aquecer tubos de cobre por onde a água circula. Em termos de consumo de energia elétrica, é a opção mais econômica. Dessa forma, garante o retorno do investimento inicial rapidamente. Contudo, por razões óbvias, o aquecimento solar não é capaz de gerar energia térmica todos os dias do ano, já que depende do sol. Por isso, pode ser que o aquecedor solar seja inviável para piscinas em determinadas regiões do país.

Aquecedor a Gás para Piscina

O aquecedor a gás, por outro lado, garante água quentinha em qualquer estação do ano e localidade, além de ser mais ágil no aquecimento da água. Para o seu funcionamento, basta que haja combustível e o sistema é ativado.

O preço do equipamento é considerado acessível, contudo, o consumo do gás pode gerar uma despesa mensal alta. Uma piscina de 180m³ com 25 m x 3,50 m x 2,0 m, por exemplo, pode gerar um custo de quase R$ 5.500,00 por mês.

Aquecedor Elétrico para Piscina

Assim como a opção anterior, o aquecedor elétrico pode esquentar piscinas mesmo no frio. Para isso, basta usar o equipamento conhecido como bomba de troca de calor. O preço inicial do investimento é maior que o aquecedor a gás, contudo, o seu gasto mensal é inferior. Em vez dos R$ 5.500,00 apontados acima, o gasto giraria em torno de R$ 2.000,00.

Aquecedores para Piscina: comparativos de preços

Ainda está em dúvida? Então, veja uma tabela comparando os valores do investimento inicial e da despesa mensal de cada um dos aquecedores para piscina citados no artigo.

A escolha agora depende da sua necessidade e das características da sua casa. Esperamos que o conteúdo tenha te ajudado a tomar essa decisão! Se gostou, curta e compartilhe com os seus amigos, especialmente para aqueles que estão com essa dúvida. Temos artigos toda semana em nosso site, fique ligado e acompanhe nossas novidades.

Até a próxima!

Copyright © 2019 Rheem Aquecedores. Todos os direitos reservados.
Otimização de sites Multlinks